Videos

Loading...

terça-feira, agosto 30

Correios implanta codificação postal em Floriano-PI

A partir de amanhã (31/08), Floriano-PI passará a contar com CEP específico para cada uma das ruas da cidade, a chamada codificação postal, substituindo o CEP genérico. Antes, somente as cidades de Teresina, Picos e Parnaíba, no Piauí, possuíam esse nível de codificação.
Para contar com o CEP por logradouro, a cidade deve ter população residente na área urbana em número mínimo de 50.000 (cinquenta mil) habitantes. Pela última contagem do IBGE, a cidade de Floriano atingiu esse limite. Assim, a nova faixa de CEP de Floriano passa a ser de 64800-001 a 64809-999. Serão 930 logradouros nas áreas urbanas, distribuídos em 40 bairros. Haverá ainda um número de CEP específico para a zona rural: 64809-899.
Para facilitar o acesso da população a seu novo CEP, os Correios entregarão panfletos em cada residência, informando os moradores sobre a mudança e a importância de sua utilização correta. A partir da implantação dos novos, o antigo CEP genérico estará oficialmente inválido e não será mais aceito junto a instituições públicas que utilizam base de dados atualizadas (DNE), como é o caso do INSS. O uso do CEP por logradouro também vai aumentar a eficiência das entregas de correspondências e encomendas pelos Correios.
Código de Endereçamento Postal – O CEP  é uma tecnologia desenvolvida pelos Correios no início da década de 1970 com a finalidade de racionalizar os métodos de separação das correspondências, facilitando a triagem, encaminhamento e distribuição; e permitindo o tratamento mecanizado com a utilização de equipamentos eletrônicos de triagem, impactando o cumprimento dos prazos de entrega.


Assessoria de Comunicação dos Correios no Piauí
Telefone: (86) 3301-3575
Celular: (86) 9 8100-8178

segunda-feira, agosto 29

Retratos de Floriano

Roteiros

Estávamos, ansiosos, cumprindo um roteiro matinal por entre as matas e as florestas da Princesa. Ainda havia um tempo em que a nossa vegetação nos proporcionava grandes alegrias.

A Taboca, Vereda Grande, Irapuá e Meladão, por aí ainda havia muitas belezas e florestas naturais e o canto dos pássaros; hoje, apenas, escutamos os carros de som insuportavelmente transgredindo a harmonia de nossa música.

Precisamos, a um tempo curto, revitalizar as nossas matas e o canto do passarinhedo. Precisamos voltar a tomar banho de chuva e invadir as bicas. Não podemos mais suportar o novo consumo que instalou-se de repente de forma descultural.

Precisamos, enfim, buscar os velhos carnavais e as marchinhas que nos causavam grandes emoções.

quinta-feira, agosto 25

Cinco aeroportos do Piauí ficam fora de projetos por cortes do governo Temer


O aeroporto de S R Nonato é um dos
que não irá receber recursos.

Em uma medida de contenção de gastos, o Governo Federal cortou programa que previa ampliação de aeroportos regionais em todo o país. Com isso, apenas dois dos sete aeroportos que se enquadrariam no projeto devem receber recursos da União para as melhorias estruturais.

O Plano de Desenvolvimento da Aviação Regional foi lançado no fim de 2012 pelo governo petista. A presidente Dilma chegou a avaliar a possibilidade de fazer investimentos em cerca de 800 pequenos e médios aeroportos, mas acabou reduzindo a lista inicial para 270 unidades em todo o país.

O Plano tem como objetivo de aumentar o acesso da população brasileira ao sistema de transporte aéreo brasileiro. A ideia é elevar o número de frequências das rotas regionais operadas regularmente e aumentar o número de cidades e rotas atendidas por transporte aéreo regular de passageiros. A ideia é facilitar o acesso a regiões com potencial turístico.

A previsão inicial de investimentos era de R$ 7,3 bilhões, mas pouco foi investido nos últimos anos com a ampliação. Somente para o Piauí, seriam destinados cerca de R$ 150 milhões para a reforma e ampliação dos aeroportos nos municípios de Picos, Floriano, Paulistana, São Raimundo Nonato, Parnaíba, Bom Jesus e Corrente.

Com o enxugamento do programa, apenas 53 aeroportos devem receber os recursos, que hoje giram em torno de R$ 2,4 bilhões até 2020 em todo o país. No Piauí, apenas os de Picos e Bom Jesus foram mantidos na lista e segundo o Ministério da Aviação, caso haja alguma melhora na economia, os que ficaram de fora podem ser reinseridos dependendo da proposta e do empenho do estado em entrar com uma contrapartida ou assumirem o projeto.

Em entrevista à Folha de São Paulo, o ministro de Transportes, Aviação Civil e Portos, Maurício Quintella Lessa afirmou que a escolha dos aeroportos se deu em acordo com os Estados, bancadas no Congresso e companhias aéreas.

Procurada, a assessoria da Secretaria de Transportes do Piauí - Setrans- informou ao CidadeVerde.com que já foi informada das mudanças no projeto e que não há o que fazer diante da medida do Governo Federal.


Com o investimento, os aeroportos receberiam diversas melhorias nas pistas, nas instalações de segurança e combate a incêndios, bem como no acesso aos aviões na pista. (Fonte: cidadeverde.com)

segunda-feira, agosto 22

Não quero homenagem, eu quero é dinheiro para o parque", diz Niède

Fonte:florianonews.com

A arqueóloga Niède Guidon não se comoveu com a homenagem ao Parque Nacional Serra da Capivara na cerimônia de encerramento dos Jogos Olímpicos Rio 2016 e fez um apelo: “Não quero homenagem, quero é dinheiro para manter o parque funcionando”, disse Niède ao Cidadeverde.com.

Ontem, no encerramento das Olimpíadas do Rio de Janeiro, a organização levou pinturas rupestres numa promoção ao Parque que enfrenta uma das piores crises financeiras. As inscrições também foram uma homenagem aos artistas anônimos.

“A Serra da Capivara foi exposta na Casa Brasil, usando a beleza do parque que está em vias de ser fechado por falta de recursos. É muita festa e pouco recurso”,
desabafou a arqueóloga.


Imagem: Yala Sena
Nos últimos meses, a situação financeira do parque se agravou. Niède Guidon anunciou que os serviços da Fundação Museu do Homem Americano (Fumdham) estavam parados, devido à falta de verba. Sem funcionários, as guaritas ficam fechadas e o local fica desprotegido. Para a manutenção, o parque precisa no mínimo de R$ 300 mil por mês.

No início do ano, a Justiça determinou que o Ibama e o Iphan (Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional) garantam a liberação de R$ 4 milhões para manutenção do local. No entanto, este mês, a justiça voltou a bloquear os recursos.

“As contas estão a zero. Não chegou nenhum tostão e o dinheiro que a OAB conseguiu o juiz não libera. Os funcionários estão todos desempregados”, garantiu Niède Guidon.

Estudos mudaram história do homem nas Américas

Quando chegou à serra da Capivara, em 1973, a arqueóloga franco-brasileira Niède Guidon se embrenhava de 15 a 20 dias na mata, montada em jegues, escavando paredões e dormindo ao relento.

As pesquisas conduzidas por ela levantaram debates mundiais sobre o povoamento do homem nas Américas. A teoria que confrontou foi a do estreito de Bering, de que o homem chegou ao continente há 11 mil anos, indo da Ásia em direção ao Alasca, pela região marítima.

Os resultados das datações no parque da serra da Capivara indicavam que os dados da teoria não teriam mais validade. As escavações revelaram vestígios de mais de 50 mil anos.

quinta-feira, agosto 18

RETRATOS

Bloco Os Gaviões - Carnaval de 1977
Descoberta pelo nosso amigo Oswaldo Marcello, essa raríssima imagem do carnaval de Floriano de 1977, exaltando o Bloco Os Gaviões, atravessando a avenida José messias, já chegando na altura dos correios para entrar na avenida Getúlio Vargas.

Na fotografia, podemos reconhecer alguns foliões, como o Carioca (irmão de Eloneide ), o João de Deus (fiscal do Ginásio Primeiro de Maio), a Uiara Marize e o nosso amigo Anizinho, que era um folião sempre presente nos velhos carnavais.

Quem conseguir identificar os outros carnavalescos, podem comentar. Essas imagens raras temos que revitalizá-las para promover e discutir debates daqueles saudosos tempos de outrora.

quarta-feira, agosto 17

Sesc Promove Oficina Literária

Trilhas Oliterárias 
Fonte: florianonews.com

O Serviço Social do Comércio (SESC) de Floriano estará promovendo no próximo dia 20, uma oficina literária. A ação faz parte do projeto regional Trilhas Literárias, através do subprojeto Poesia à Flor da Pele.


O projeto foi pensado através da percepção que a realidade atual vem afastando cada vez mais as pessoas do ato de ler e, consequentemente, da habilidade de produzir textos. Aspectos como o uso de computadores, videogames, TV, o acesso restrito à leitura no núcleo familiar, e a falta de incentivo, têm ocasionado pouco interesse para leitura e escrita literária. 


Tais aspectos refletem dificuldades marcantes que sentimos em diversas esferas da vida do ser humano: vocabulário precário, reduzido e informal, dificuldade de compreensão, erros ortográficos, poucas produções acadêmicas significativas e conhecimentos restritos.


O projeto Trilhas Literárias engloba uma gama de ações voltadas para o estímulo à leitura e produção literária. A oficina “A Palavra que cria - Vivências de Leitura e Criação de Poesias”, ministrada pela escritora e contadora de histórias Márcia Evelin, do Grupo Cafundó, de Teresina - PI. 


Voltada para professores, estudantes, acadêmicos universitários e amantes da linguagem poética em geral, a oficina será realizada no dia 20 de agosto, das 8h00 às 12h00 e das 14h00 às 18h00, no Auditório do SESC/SENAC. Com direito a certificado de participação de 10h. 

O primeiro avião de Floriano

Primeiro avião em Floriano


Ao reboarem os estampidos de foguetões denunciadores do proximo  appaericimento no céu de Floriano do primeiro aeroplano, a sua população, numa onda de enthusiasmo, começou a despejar-se apressadamente por diversas vias rumo ao campo de aviação. Estando eu na fronteira da Villa Maranhense e supondo não haver tempo para transportar-me ao local da aterrissagem do apparelho, dirige-me com algumas creanças ao Morro de Pae Dominguinho afim de apreciarmos melhor as evoluções da machina voadora.

             Encontramos alli uma senhorita com outras creanças. Espernado, conversávamos a contemplar o panorama soberbo que dalli descortina: - a leste, norte e oeste a matta verde e os lucidos reflexos das aguas do Parnahyba que, tortuoso, coleante, semelha monstruosa serpente prateada a deslisar, lenta por entre as arvores viçosas; ao sul o agrupamento confuso e abranquejado da casaria da cidade; a sudoeste, um pouco além, o campo apinhado de pontinhos claros que se adivinhava serem pessoas.

            De repente um lenhador que trabalhava no sorbé do morro, interrompendo a labuta, exclamou: - Estou ouvindo uma zuada! ... É o avião! ... Prestamos attenção e ouvimos effectivamete o zumbido da helice ao longe. Immediatemente um dos meninos exclama: apontando para o norte: - Lá vem! ... mais augmentava rapidamente e dentro de poucos instantes aproximava-se de nós. As creanças, não podendo conter as manifestações da admiração que lhes empolgava, gritavam, saltando a gesticular desordenamente; e presas do enthusiasmo, fizemos côro com a criançada quando o aparelho majestoso, sereno passou celebre, sobre as nossas cabeças, desenhando a sua silhueta no azul, como uma afirmação victoriosa da capacidade creadora do homem, como uma promessa imensa para o futuro...

            E elevando o pensamento, justifiquei aquela loucura: - Aquillo era relamente bello e era um pedaço de nós mesmos, era a amostra da nossa grandeza, da nossa preponderância, da gloria do Brasil no concerto universal! ...

            Gloria!!!... exclamei, lembrando-me do genial brasileiro que consumira toda a sua existência por aquella concretização; que passara tantas noites num trabalho intelectual exaustivo, com o cérebro quente a solucionar no seu gabinete, problemas incalculáveis, emquanto outros gosavam as delicias do repouso.

            Mas, oh! ... uma tristeza amarga prepassou-me, pela mente: compreendi a sua imensa desilusão, a sua grande dor:  Em vez da grande invenção, 

- Traço vivo de união- Tornando em rápida fuzão. A terra uma só nação, Creara, sem perceber, da guerra um novo poder.

Ouvi seus gritos de agonia, os seus lamentos protestando com toda a grandeza de seu coração de brasileiro, perante todos os povos cultos, contra o aproveitamento de sua invenção como arma de guerra, para destruir em vez de construir.

Vislumbrei-o depois a definhar lentamente, desatendido e despresado por todos, até o dia da horrível tragédia final da sua vida de sofredor moral, narrada por Mattos Pimenta; Sobre o céu límpido e brando daquele majestoso dia de julho, voavam dois aviões da Marinha.

.... ao longe o Forte  de Itaipus espreitava o oceano. Na orla do litoral, tropas paulistas moviam-se vigilantes, em atitude belicosa.

Era constrangedor á nossa consciência o espectaculo daquelles elementos de guerra e de extermínio, mobilisados para uma luta encarniçada entre irmãos.

Foi certamente uma visão compungente, daquellas que levou Santos Dumont a desertar da vida, pendendo o corpo em uma gravata, no Hotel de Guarujá. Sobre sua mesa, escripta de seu próprio punho, encontrou-se a mensagem que ele dirigira pouco antes ao poso brasileiro e que assim terminava: ... Apello de quem, tendo sempre visado a gloria de sua pátria dentro do progresso harmônico da humanidade, julga poder dirigir-se em geral a todos os seus patrícios, como um crente sincero em que os problemas de ordem politica e economia que ora se debatem, somente dentro da lei magna, de forma a conduzir nossa pátria á superior finalidade de seus altos destinos.

Ao digno interventor Landry Salles, devemos agradecer por esse acontecimento prenunciador de progresso em nossa terra e tambem ao honrado prefeito dr. Theodoro Sobral, ao qual lembramos, sem que nos possam acoimar de intrometidos, o nome do glorioso inventor para o novel campo de aterrissagem, ao menos como uma das raras homenagens deste pais ingrato que tão pouco o tem glorificado e ao quel elle tanto elevou perante os olhos do mundo culto.

Floriano 13/6/1934
Eleuterio Rezende

sexta-feira, agosto 12

Grupo Escalet anuncia os selecionados do 5º festival nacional de teatro 2016

5º Festival Nacional de Teatro

Fonte: Grupo Scarlet/florianonews.com

A comissão de seleção finalizou o processo de escolha dos grupos que farão parte do 5°Festival Nacional de Teatro – Grupos independentes e Pontos de Cultura Troféu Teatro Maria Bonita/30 Anos e Troféu Iluminador Assaí Campelo, que será realizado no período de 14 a 18 de dezembro de 2016, na cidade de Floriano /PI.


Realizado pelo Grupo Escândalo Legalizado Teatro, com apoio da Secretaria de Cultura de Estado do Piauí e Governo do Estado do Piauí.

O mesmo recebeu mais de 150 inscrições de todas as regiões do país e de 19 estados. Houve inscrições de todos os gêneros da dramaturgia, infantil, comédia, drama, tragicomédia, improviso, monologo, teatro de rua, teatro de bonecos, entre outros.

Para o resultado final estava previsto a seleção de 20 grupos, sendo que a comissão organizadora ampliou esse numero para 28 grupos.

Confira o resultado:

SELECIONADOS



Grupo - Teatro do Kaos
Cidade/ Estado - Cubatão /SP
Espetáculo – Os Sapatos que Deixei Pelo Caminho

Adulto – Palco

Grupo - Teatral “Gota, Pó E Poeira” Ponto de Cultura.
Cidade/ Estado - Guaçuí /ES
Espetáculo – A Absurda Comédia de Duas Vidas

Adulto - Palco

Grupo - Cangaço de Teatro
Cidade/ Estado - Floriano/PI
Espetáculo – Fieis

Adulto - Palco

Grupo - Harém de Teatro
Cidade/Estado - Teresina/PI
Espetáculo – A Casa de Bernada Alba

Adulto - Palco

Grupo – Grupo de Teatro Raízes
Cidade/Estado - Teresina/PI
Espetáculo – Os Salvados

Adulto – Palco

Grupo - Cia Arte - Móvel
Cidade/Estado - Santa Barbara/SP
Espetáculo – “N”

Adulto - Palco

Grupo - Corpos Teatro Independente
Cidade/Estado - Teresina /PI
Espetáculo – “O Auto Humano Infantil”

Teatro de Rua Infantil

Grupo - Cia Artística Av. Lampari
Cidade/Estado - Jaraguá Do Sul /SC
Espetáculo – Baús do Tesouro

Teatro de Rua

Grupo - Vagão
Cidade/Estado - Teresina / PI
Espetáculo - O Jacá Do Caburé

Teatro de Rua Infantil

Grupo - Gene Insano Cia de Teatro
Cidade/Estado - Rio de Janeiro /RJ
Espetáculo – Isso dá Um Samba!!

Teatro de Rua

Grupo - Cia Os Palhaços de Rua
Cidade/Estado - Londrina /PR
Espetáculo – Números

Teatro de Rua

Grupo - Cia de Teatro de Bonecos Território
Cidade/Estado - Pindamonhangaba /SP
Espetáculo – Rabanete, Rapunzel...

Teatro de Rua Infantil

Grupo - Cia de Dramas e Comédias
Cidade/Estado - Teresina/PI
Espetáculo – A Rainha do Rádio

Monologo

Grupo - Grupo em Comma de Teatro
Cidade/Estado - Santa Maria/DF
Espetáculo – Cicatrizes

Monologo

Grupo - Cia Távola de Teatro
Cidade/Estado - Lauro de Freitas/BA
Espetáculo – O Candelabro

Monologo

Grupo - Quatroloscinco - Teatro do Comum
Cidade/Estado - Belo Horizonte/MG
Espetáculo – Get Out!

Monologo

Grupo - Teatrodança
Cidade/Estado - São José do Ribamar/MA
Espetáculo – Ilhadas

Monologo

Grupo - Ateliê Voador Cia de Teatro
Cidade/Estado - Salvador/BA
Espetáculo – Três Cigarros & A Última Lasanha

Monologo

Grupo - Coletivo Cabaça
Cidade/Estado - Parnaíba/PI
Espetáculo – O Pequeno Príncipe

Infantil Palco

Grupo - Os Tais do Teatro
Cidade/Estado - Floriano/PI
Espetáculo – A Bruxinha Que Era Boa

Infantil Palco

Grupo - Leandro Silva Teatro de Bonecos E Projetos Culturais
Cidade/Estado - Porto Alegre/RS
Espetáculo – A Princesa E O Sapo/Grimm Para Os Pequenos

Infantil Palco

Grupo - Cia Novo Ato
Cidade/Estado - Goiânia/GO
Espetáculo – O Príncipe Feliz

Infantil Palco

Grupo - Cia De Teatro Pé de Moleque
Cidade/Estado - Teresina/PI
Espetáculo – “A Onça E O Bode”

Infantil Palco

Grupo - Cia Hiperativa
Cidade/Estado - Maceió /Al
Espetáculo – Fadinha A Magia Está Na Varinha

Infantil Palco

Grupo - Escalet de Teatro
Cidade/Estado - Floriano / PI
Espetáculo – O Mágico De Oz

Infantil Palco

Grupo - Proposta de Teatro
Cidade/Estado - Teresina/PI
Espetáculo – O Diário da Bruxa

Infantil Palco

Grupo - Cia Independente de Atores C.I.A
Cidade/Estado - Guaraciaba do Norte/CE
Espetáculo – Alice a Princesa Sapeca

Infantil Palco

Grupo - Grupo de Teatro Aliança
Cidade/Estado - Picos/PI
Espetáculo – O Santo e a Porca